WebFadoni, programação, notícias, tudo sobre o mundo da programação e da tecnologia, você vai encontrar aqui no WebFadoni.

WebFadoni
09/Jun/2022 23:59

Como o Astro se compara ao Next.js para aplicativos React

No cenário de desenvolvimento da Web de hoje, existem várias estruturas com as quais um desenvolvedor pode optar por trabalhar. Especificamente para o ecossistema React, a quantidade de frameworks e plataformas disponíveis pode parecer esmagadora, pois cada uma tem suas próprias vantagens e desvantagens. Como ter uma pilha de tecnologia de qualidade é de extrema importância para sua experiência de desenvolvedor e produto final.

WebFadoni
Especificamente para o ecossistema React, a quantidade de frameworks e plataformas disponíveis pode parecer esmagadora, pois cada uma tem suas próprias vantagens e desvantagens.

No cenário de desenvolvimento da Web de hoje, existem várias estruturas com as quais um desenvolvedor pode optar por trabalhar. Especificamente para o ecossistema React, a quantidade de frameworks e plataformas disponíveis pode parecer esmagadora, pois cada uma tem suas próprias vantagens e desvantagens. Como ter uma pilha de tecnologia de qualidade é de extrema importância para sua experiência de desenvolvedor e produto final, é igualmente importante fazer uma pesquisa aprofundada sobre qual dessas muitas estruturas é melhor para sua equipe.

Neste artigo, investigaremos duas estruturas populares para criar aplicativos React: Astro e Next.js. O Next.js é uma parte estabelecida do ecossistema React e é usado por qualquer pessoa, desde empresas da Fortune 500 até desenvolvedores individuais. Por outro lado, o Astro é relativamente novato no cenário de desenvolvimento de front-end.

Ambas as estruturas oferecem suporte extensivo para aplicativos da Web React e, em muitos aspectos, são bastante semelhantes. No entanto, as idiossincrasias desses dois frameworks são o que realmente os diferencia um do outro e do resto do ecossistema React. Ao final deste artigo, você terá uma boa compreensão das principais diferenças entre o Next.js e o Astro e poderá tomar uma decisão informada sobre qual framework é o certo para você.

Primeiro, examinaremos os recursos exclusivos e definidores desses frameworks; em seguida, revisaremos seus aspectos comparáveis; finalmente, discutiremos qual framework é melhor para quais casos de uso, bem como algumas considerações finais.

Comparando Astro e Next.js

Antes de entrarmos nas especificidades desses frameworks, uma distinção importante deve ser feita: Next.js e Astro são softwares fundamentalmente diferentes.

Em seus níveis mais básicos, o Next.js é uma estrutura full-stack criada especificamente para React, enquanto o Astro é um gerador de site estático que oferece suporte para React. Além disso, o Next.js oferece funcionalidade do lado do cliente e do lado do servidor; A Astro se concentra exclusivamente no lado do cliente.

Por causa disso, é quase impossível comparar objetivamente os recursos dessas duas plataformas, pois cada uma tem diferentes funcionalidades e prioridades principais. É crucial considerar quais são os mais relevantes para as necessidades técnicas do seu produto.

Características únicas do Astro

Linguagem de modelo

O principal diferencial do Astro é sua linguagem de modelagem. A linguagem de modelagem Astro foi feita para garantir o mínimo possível de curva de aprendizado de HTML ou JSX. Com a linguagem de templates, você pode construir componentes reutilizáveis, layouts, etc.

Você pode estar se perguntando como isso é diferente de um componente React. Enquanto os componentes do React dependem do JavaScript e do DOM virtual para carregar seus componentes no navegador, os componentes do Astro não requerem tempo de execução do lado do cliente. Eles são compilados em HTML durante a fase de construção e são carregados automaticamente em seu site, permitindo um desempenho extra-rápido. Bem legal, certo?

A desvantagem disso, no entanto, é que esses são componentes completamente estáticos, o que significa que você não pode usar nenhuma lógica dinâmica. Embora você possa usar expressões JSX dinâmicas , elas serão simplesmente compiladas em valores estáticos durante a fase de construção. Isso é diferente de uma biblioteca reativa como React, onde você pode usar lógica dinâmica que alterará os componentes no lado do cliente.

Fizemos uma demonstração personalizada para.
Não mesmo. Clique aqui para conferir .

Independente de estrutura

Outro recurso definidor do Astro é como ele é verdadeiramente independente de biblioteca e estrutura, o que significa que você pode usar o que quiser - React, Vue, Svelte, qualquer que seja sua preferência. Você também pode misturar várias bibliotecas em um projeto, permitindo o uso de micro-frontends.

Desempenho do lado do cliente

O foco da Astro no lado do cliente permite priorizar a otimização e o desempenho do lado do cliente. Isso é melhor demonstrado em seu recurso exclusivo de hidratação parcial .

O que é hidratação parcial? Considere que a maioria de qualquer aplicativo ou site não é interativo ou não requer absolutamente JavaScript do lado do cliente para interatividade. O Astro compilará esses componentes em HTML simples que será servido diretamente ao usuário.

Para as partes que exigem JavaScript do lado do cliente, esses componentes são salvos para hidratação individual assim que o HTML simples já foi renderizado. Como você está carregando JavaScript apenas para os componentes que absolutamente o exigem, isso reduz drasticamente o tamanho do pacote do seu site, o que o torna mais eficiente.

Recursos exclusivos do Next.js

Next.js é somente React

Ao contrário do Astro, o Next.js foi desenvolvido especificamente com o React em mente. Embora você possa usar outras bibliotecas baseadas em React, como Preact ou construir páginas do Markdown, o Next.js é limitado a aplicativos React.

Se você estiver interessado em obter as mesmas vantagens do Next.js com outras bibliotecas, considere usar Nuxt.js para Vue e SvelteKit para Svelte, entre muitas outras ofertas.

Conjunto de recursos avançados

Como o Next.js é focado exclusivamente em aplicativos React, ele fornece um rico conjunto de recursos integrados que podem aprimorar seu aplicativo.

Next.js oferece muitos componentes React para uso com o framework. Por exemplo, o Next.js oferece otimização de imagem nativa com o componente e estratégias de carregamento de script com o componente. Além disso, o Next.js é compatível com a funcionalidade AMP.next/imagenext/script

Também deve ser observado que, com a ajuda de um componente, o Next.js pode pré-buscar e pré-carregar as próximas páginas que um usuário pode visitar. Se você já foi a um site onde o navegador parece não estar carregando toda vez que você visita uma nova página, mesmo que o URL mude, isso é essencialmente o que está acontecendo nos bastidores. Esse recurso, embora não seja exclusivo do Next.js, é uma de suas ofertas mais notáveis.next/link

Renderização do lado do servidor

Embora o Next.js não ofereça alto desempenho do lado do cliente e técnicas de otimização integradas como o Astro, ele compensa em seu suporte de renderização do lado do servidor e rotas de API.

A renderização do lado do servidor permite que seu aplicativo React seja muito mais eficiente no lado do cliente, descarregando qualquer dado obtido no servidor. Por exemplo, considere uma loja de comércio eletrônico. Quando um usuário acessa a página de um produto, em vez de fazer com que o cliente busque os dados do produto sob demanda (o que pode fazer seu aplicativo parecer lento e ineficiente), o Next.js permite que você busque os dados desse produto no servidor e enviar uma página pré-construída com todos os dados necessários preenchidos para o cliente.

As rotas de API são um recurso exclusivo oferecido pelo Next.js que aumenta ainda mais os recursos de pilha completa da estrutura. Como o próprio nome indica, as rotas de API permitem que os desenvolvedores adicionem endpoints de API ao aplicativo Next.js.

Aspectos comparáveis

Integrações e extensibilidade

Tanto o Astro quanto o Next.js oferecem integrações e plugins para estender seus respectivos recursos.

O Astro oferece uma página inteira dedicada exclusivamente a integrações , que consiste em suporte para bibliotecas como React e Vue a plugins de acessibilidade. Algumas dessas integrações são da equipe oficial do Astro, enquanto outras são da comunidade.

O Next.js oferece personalização por meio do arquivo, por meio do qual você pode incluir plugins do Next.js. Embora não haja um site dedicado para todos os plugins disponíveis, uma pesquisa rápida no Google geralmente encontrará exatamente o que você precisa.next.config.js

Atualmente, o Next.js excede em muito as ofertas do Astro em termos de integrações e extensibilidade. No entanto, embora o Astro possa oferecer menos em termos de integrações pré-construídas neste momento, à medida que o framework cresce em popularidade, só podemos esperar que as integrações disponíveis cresçam também.

Projetos iniciais

Embora tanto o Astro quanto o Next.js ofereçam projetos iniciais, eles o fazem de maneiras bastante diferentes.

Next.js oferece muitos exemplos que atendem a diferentes casos de uso. O Astro oferece https://astro.new , que possui diferentes modelos para diferentes estruturas e recursos. Além disso, o Astro oferece https://astro.build/themes/ , que tem temas diferentes, assim como você pode ter visto no Gatsby ou em outros frameworks Jamstack.

Minha preferência pessoal aqui é Next.js. Como o Next.js suporta apenas uma estrutura, seus exemplos tendem a ser mais focados e concisos com tecnologias específicas para você expandir seu site. Por outro lado, os projetos iniciais do Astro tendem a ser pré-construídos e, como tal, muito menos personalizáveis.

Geração de site estático

Em sua essência, o Astro é um gerador de site estático, mas o Next.js também oferece recursos SSG . Na verdade, o Next.js considera o SSG seu método preferido de pré-renderização.

Tanto o Astro quanto o Next.js permitem que a busca de dados do lado do servidor seja incorporada aos componentes do React. Para Astro, você deve primeiro buscar os dados em um componente Astro e depois passar esses dados para o componente React por meio de um prop. Para Next.js, você deve usar getStaticPropsem uma página específica para buscar dados.

O método que o Next.js usa talvez seja mais simplificado para aplicativos React do que o Astro, mas no final das contas isso se resume à preferência pessoal, da qual não tenho nenhuma para esse recurso.

Desempenho e otimização

Astro e Next.js oferecem métodos exclusivos de otimização e gerenciamento de desempenho.

Conforme discutido anteriormente, o Astro oferece hidratação parcial como seu principal recurso de otimização e desempenho. Devido aos seus impressionantes recursos do lado do servidor, o Next.js é capaz de oferecer suporte a uma ampla variedade de técnicas de desempenho e otimização. A renderização do lado do servidor é uma dessas técnicas, na qual parte do site React é pré-renderizada no servidor, aumentando a velocidade e a eficiência do carregamento.

O Next.js também oferece suporte a componentes importados dinamicamente, o que permite que os desenvolvedores atrasem o carregamento de componentes com muitos recursos até que o restante do aplicativo seja carregado. Por fim, o Next.js oferece suporte experimental para React Server Components , um recurso que permite que os componentes sejam totalmente renderizados no lado do servidor, resultando em zero JavaScript no lado do cliente.

Embora o Next.js aparentemente ofereça uma quantidade maior de recursos para desempenho e otimização, é difícil chegar a uma opinião conclusiva sobre qual framework oferece recursos de melhor qualidade. Isso se resume a uma visão subjetiva das necessidades do seu produto.

Considerações finais

Ao longo deste artigo, surgiu um tema comum: o Next.js prioriza um vasto conjunto de recursos avançados que o torna adequado para praticamente qualquer caso de uso, enquanto o Astro se concentra especificamente na criação do site mais rápido possível.

Se o seu produto não requer os recursos oferecidos pelo Next.js, você pode achá-lo muito inchado e com engenharia excessiva para obter qualquer benefício dele. Por exemplo, se seu site não precisa de recursos do lado do servidor ou funcionalidade AMP, ou se você planeja usar uma estrutura diferente do React, o Next.js provavelmente não é a melhor opção. Em vez disso, se o seu site precisa ser o mais rápido possível e pode se beneficiar de hidratação parcial, o Astro é a escolha óbvia.

Esperamos que este artigo tenha fornecido informações úteis sobre as semelhanças e diferenças dessas duas estruturas, e agora você estará mais bem equipado para saber quando escolher uma em vez da outra.